Rio: Sobe para 11 o número de mortos na operação policial na Vila Cruzeiro

Ao menos 11 pessoas morreram e duas ficaram feridas em uma operação policial que terminou em tiroteio no início na madrugada desta terça-feira (24), na Vila Cruzeiro, comunidade do Complexo da Penha, na zona norte do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar, dez dos mortos eram suspeitos e uma moradora foi vítima de bala perdida.

O objetivo da operação era prender líderes do Comando Vermelho. Os policiais afirmam que a região tem abrigado membros da facção vindos de outras comunidades do Rio, como Jacarezinho e Chapadão, e também de outros estados, do Norte e do Nordeste. “Estamos falando de uma facção criminosa que é responsável por mais de 80% dos confrontos armados do Rio”, disse o major Ivan Blaz, porta-voz da PM.

O confronto teria começado quando agentes do Bope (Batalhão de Operações Especiais), da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal foram atacados a tiros. Moradores relatam tiros desde as 4h da madrugada.

A moradora morta foi identificada como Gabriele Ferreira da Cunha, de 41 anos. Ela estava em Chatuba, uma comunidade vizinha da Vila Cruzeiro, quando foi atingida por uma bala.

Na operação, foram apreendidos onze fuzis, três pistolas e uma granada, além de entorpecentes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*